Botafogo estreia na Copa do Brasil sob a sombra da eliminação precoce na última edição

Para o Botafogo, a Copa do Brasil é a oportunidade de mostrar que o o time segue novos rumos em relação ao ano passado. Hoje, às 21h30, no estádio Amigão, em Campina Grande (PB), o Alvinegro estreia na competição querendo exorcizar o fantasma do vexame no ano passado.

Em 2018, ainda sob o comando do técnico Felipe Conceição, o Botafogo foi eliminado na primeira fase da competição ao ser derrotado pela Aparecidense (GO) por 2 a 1. Para o técnico Zé Ricardo, o resultado deixou lições.

— A gente tem que entrar superligado no jogo, buscando vencer a partida. Não aceitando, pelo menos para início de jogo, a questão do regulamento, que dá o empate ao visitante — analisou o comandante alvinegro, segundo o Extra.

Após a eliminação na Taça Guanabara, o Botafogo emendou uma sequência de duas vitórias consecutivas. A mais recente delas, sobre o Defensa y Justicia, da Argentina, pela Copa Sul-Americana, na quarta-feira passada, teve grande atuação de Erik. O atacante garantiu a vitória por 1 a 0 com um belo chute de fora da área. Principal peça ofensiva da equipe de Zé Ricardo,o jogador já marcou duas vezes desde que voltou ao clube, no fim do mês passado, ambas em vitórias do Alvinegro.

Se por um lado o ataque não é uma grande preocupação para o Botafogo, a defesa já está ciente que deve ter cuidado com a bola parado time paraibano, especialmente em reposições com as mãos.

— São muito fortes na bola parada defensiva e ofensiva. Os laterais cobram lateral muito forte, jogam a bola dentro da área. Estamos muito atentos para esses tipos de jogadas — explicou Gabriel, que deve ser titular da defesa, ao lado de Joel Carli.

13/02/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)