Campanha de Dilma ao Senado supera gastos de presidenciáveis

De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral, em um levantamento feito na última segunda-feira (10) com os 357 candidatos ao Senado Federal, Dilma Rousseff tem a campanha mais caro do Brasil até agora.

Segundo a coluna Poder, da ‘Folha de S.Paulo’, a campanha da petista, que concorre a uma vaga por Minas Gerais, desembolsou R$ 3,06 milhões, valor que supera campanhas de alguns presidenciáveis, como Ciro Gomes (R$ 1,4 milhão), Marina Silva (R$ 1,8 milhão) e Jair Bolsonaro (R$ 825,6 mil).

Já a segunda campanha mais cara ao Senado é de Rodrigo Pacheco, do DEM, que também tenta uma vaga por Minas Gerais. Já foram gastos R$ 2,72 milhões.

12/09/2018

(Visited 1 times, 1 visits today)