Faltas de Bolsonaro ao trabalho quadruplicam

Pré-candidato à Presidência da República, o deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) está com a agenda cheia de viagens desde o ano passado.

Levantamento feito pelo jornal Folha de São Paulo indica que  suas faltas a sessões na Câmara dos Deputados aumentaram quatro vezes em 2017, na comparação com o ano anterior. Suas propostas caíram pela metade no mesmo período, segundo a pesquisa.

De 119 dias de sessão que exigiam presença obrigatória, Bolsonaro não foi e não justificou a falta em 16, que representam 13,5% do total. Os dados foram fornecidos pela Câmara dos Deputados ao jornal.

Entre os presidenciáveis que têm mandato legislativo – a saber Bolsonaro, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), os senadores Alvaro Dias (Podemos-PR) e Fernando Collor (PTC-AL) e a deputada estadual Manuela D’Ávila (PC do B-RS) – Bolsonaro é o que mais faltou a sessões deliberativas sem justificar, em 2017.

Alvaro Dias, Collor e D’Ávila faltaram dois dias sem justificativa: 1,8% do total no Senado e 1,6% na Assembleia gaúcha. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não teve ausências não justificadas em 2016 e 2017, segundo a reportagem.

31/03/2018

(Visited 1 times, 1 visits today)