STF mantém decisão do TSE contra candidatura de Garotinho no Rio

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Celso de Mello, negou na 3ª feira (2.out.2018) 1 pedido para suspender a decisão do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que barrou a candidatura do Anthony Garotinho (PRP) ao governo do Rio de Janeiro.

O ministro entendeu que o recurso é inviável porque ainda cabem questionamentos à Justiça Eleitoral.

Na última 5ª feira (27.out.2018), o TSE confirmou a decisão do TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro) que em 6 de setembro negou o registro de candidatura do ex-governador do Rio, diz o MSN.

Garotinho foi condenado por improbidade administrativa e enriquecimento ilícito ao desviar R$ 234 milhões do projeto “Saúde em Movimento”.

Apesar de não poder ser eleito, o nome e o número de Garotinho ainda estarão na urna eletrônica no 1º turno, em 7 de outubro. Segundo a Justiça Eleitoral do Rio de Janeiro, ainda cabem recursos e o sistema de candidaturas foi fechado em 19 de setembro, por isso não é mais possível a exclusão do nome do candidato das urnas.

03/10/2018

(Visited 1 times, 1 visits today)